Por que a autonomia é tão importante no contexto educacional

A partir do momento que você abre uma escola de cursos livres, precisa constantemente criar ações para divulgar sua instituição. O desafio é fazer com que os futuros alunos conheçam os seus cursos e entendam que a sua empresa é a melhor no segmento para oferecer tal conteúdo.

Anúncios em redes sociais ou no Google podem até fazer com que as pessoas saibam que a sua instituição existe. Porém, essa comunicação acaba sendo insuficiente, ainda mais se os cursos que você oferece têm um valor mais alto.

Nesse contexto, não há nenhuma ação que supere a experiência do potencial aluno assistir à uma aula e ver de perto como é fazer parte da sua escola. Isso pode acontecer por meio de aulas experimentais (no caso de cursos que acontecem frequentemente) ou então com eventos abertos ao público, gratuitos ou com valor simbólico.

Essa última alternativa é excelente, pois traz uma experiência rica para os interessados, que vão receber conteúdo exclusivo e de qualidade na sua instituição. Porém, esse tipo de evento pode trazer dor de cabeça para os organizadores, se não forem criados da maneira correta.

sistema de matriculas para cursos traz autonomia para escolas
Imagem: Pexels

Em geral, escolas de cursos livres de médio e grande porte têm um sistema mais burocrático para criar esse tipo de ação. Para colocar um evento desses no site — e na sequência ser divulgado para a comunidade — os organizadores precisam contar com o apoio da TI, que pode demorar ou ter outras prioridades. Como alternativa, os responsáveis pelos cursos acabam desistindo da ideia, ou então adotando plataformas alternativas (como as de tickets para shows e festas ou e-commerces por exemplo) para tirar o projeto do papel.

Essas ferramentas de inscrições para festas e shows fazem com que a oferta dos cursos fique com cara menos profissional e difícil de entender. O resultado é uma conversão mais baixa e uma “mancha” no posicionamento da escola.

Mas então o que fazer, se a criação de eventos no site das escolas de cursos livres costuma ser burocrática? A resposta é a adoção de ferramentas que trazem autonomia no contexto educacional. Utilizar um sistema de matrículas para cursos que seja focado nas suas necessidades pode ser um grande diferencial, por exemplo. A seguir, trouxemos um passo a passo para a criação de eventos de divulgação de cursos.

Pense em um tema relevante, que tenha relação com o curso e que chame o público.

O seu evento de divulgação precisa ser surpreendente. Lembre-se de que ele é o primeiro ponto de contato entre os possíveis alunos e a sua escola. Independente do formato (bate-papo, workshop, palestra, etc), ele deve ter relação com o “grande curso” que a sua instituição está oferecendo. Esse evento é um gostinho do que está por vir e deve deixar a pessoa muito animada para se inscrever oficialmente na sua escola.  

Crie uma página online, com uma ferramenta que te dê autonomia

Para divulgar esse workshop você precisa ter uma landing page legal. Essa página deve seguir o posicionamento da sua instituição e ter um design que chame a atenção. Além disso, deve contar com um esquema de inscrições fácil e intuitivo para o aluno. Por fim, e mais importante, deve te trazer autonomia como organizador do evento. Você precisa ter liberdade para alterar ou adicionar informações na página sempre que for necessário.

Uma ferramenta que preenche todos esses pré-requisitos e que é focada no contexto educacional é a EngagED. Ela é um sistema de matrículas para cursos que foi desenhado especialmente para suprir as necessidades que as instituições de ensino têm na hora de lançar um curso ou workshop.

Na hora de criar essa página, lembre-se de pedir algumas informações relevantes sobre o futuro participante, como e-mail, por exemplo. Dessa maneira, você já vai começar a construir uma lista de leads para seu curso oficial.

Saiba ofertar o seu evento

Esse é o grande momento de mostrar a sua escola para quem ainda não a conhece. Portanto, capriche. Além de oferecer um conteúdo muito legal e que realmente seja útil para os alunos, lembre-se de dedicar um momento para divulgar a sua instituição e o curso oficial, que em breve será lançado no mercado. Tenha em mente que esse workshop não deixa de ser comercial. Então venda a sua instituição de um jeito interessante!

Avalie o que as pessoas acharam do evento e o que elas acham do curso oficial

Colher feedbacks, mesmo em workshops ou eventos curtos, é muito interessante para a sua escola. Dessa maneira vocês conseguem ouvir qual é a opinião do público em relação aos conteúdos que são abordados pela sua instituição. Aproveite para colher essas informações e melhorar o curso oficial.

Mantenha-se próximo de quem participou do seu evento

Como você já tem o contato do pessoal que participou do evento inicial, nutra esses leads. O objetivo inicial da criação desse evento gratuito foi promover a sua escola e esse é o momento de colher os frutos da sua ação de divulgação. A EngagED também pode te ajudar nessa missão!

Você já ofereceu algum evento ou workshop como ferramenta para a divulgação dos cursos da sua escola? Então compartilhe com a gente que dicas você daria para quem deseja criar ações desse tipo!

Leia também:

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das atualizações da EngagED:

Obrigado! Confirmamos a sua assinatura na nossa newsletter.
Oops! Houve um erro. Por gentileza, tente novamente.