Zoom, Google Meet ou Microsoft Teams: qual é a melhor plataforma para criar Cursos Livres Online?

Com a pandemia da Covid-19, o mundo parou, as aulas foram suspensas… todo mundo precisou migrar para o online. Não foi diferente com os Cursos Rápidos, que passaram a ser 100% remotos.

Com isso quem se deu bem foram as plataformas de gestão de reuniões, como o Zoom, Google Meet e Microsoft Team. 

Passado um bom tempo de uso, já entendemos que será necessário ter o suporte online para o seu curso pelos próximos anos. E por isso, nesse texto nós vamos te contar as vantagens de cada uma dessas principais plataformas e te ajudar a decidir qual é o ideal para você dar aulas. 


Zoom, Meet e Teams: só crescimento

A plataforma Zoom, por exemplo, foi a que mais cresceu. Fundada em 2010, na China, tinha 10 milhões de clientes até o começo de 2020. Em abril do mesmo ano, a empresa divulgou que tinha mais de 300 milhões de usuários ativos por dia -  e este número não deve ter parado de crescer. O próprio fundador, em entrevista, disse que o que ocorreu em 2020 foi “empolgante e assustador''.

Todas as plataformas tiveram aumentos exponenciais em 2020. Vejamos o Google Meet, lançado em 2018 - e sucessor do Google Hangouts, faz parte de todo o pacote do Google. 

Em poucos meses desde o início da pandemia, eram mais de 50 milhões de downloads, e um crescimento estimado de 30 vezes mais usuários. O Google revelou que tem 100 milhões de participantes ativos diariamente à época, maio de 2020.

Além deles, outro sistema, menos conhecido, mas frequentemente utilizado, é o Microsoft Teams - lançado em 2017. No final do ano passado, a plataforma tinha 115 milhões de usuários - um crescimento de 50% em relação a Abril, quando a empresa já tinha dado o primeiro salto de usuários por conta da pandemia. 


Cursos Online: uma necessidade

Tudo isso foi reflexo dos cursos e reuniões que saíram da sala de aula para o ambiente virtual. E o cenário atual é claro: as aulas online não são passageiras. Mesmo quando a pandemia passar, será uma modalidade muitíssimo usada. E você deve estar preparado para usar o software que for melhor para você. Vamos agora comparar ele e te ajudar a decidir onde o seu curso vai brilhar!

Zoom para cursos livres 

Na versão gratuita, o Zoom permite que você tenha até 100 participantes em reuniões de até 40 minutos. O software permite a visualização simultânea de até 49 pessoas na tela. Um incômodo é que o Zoom não funciona em navegadores, é preciso baixar o app no celular ou computador - que pode ser feito facilmente. 

Na versão paga, o limite de participantes sobe, e não existe limite de tempo. Os planos pagos são variados, começando em $14,99 por mês.

Como software, o Zoom funciona bem, tem opções interessantes de gravação e controle do host, mas todos os participantes precisam baixar o programa, o que é um pouco chato. 

Google Meet para Cursos Online

O Google Meet gratuito também tem um limite de 100 participantes, mas o tempo para reunião é um pouco maior que a do Zoom, 60 minutos. Para acessar, basta clicar em um link - o que é bem prático na comparação. 

Já a função de gravar a tela está disponível apenas no plano pago, enquanto que o limite de visualização simultânea de pessoas na tela é de no máximo 16 participantes. 

Já no plano pago, o Meet permite chamadas sem limite de horário e mais participantes. Os preços são a partir de R$ 25 por mês, com o pacote G Sui te todo. É a plataforma com o menor custo. 

Microsoft Teams para Cursos Online

No plano gratuito, o Teams permite até 100 pessoas numa mesma reunião, e 60 minutos de duração. O Teams está integrado ao pacote Microsoft, o que inclui Skype e Outlook, por exemplo - permitindo o uso no navegador. 

O Teams era, até 2020, uma ferramenta mais focada em textos, semelhante ao Slack. Mas após integrar a videochamada, eles definitivamente entraram nessa disputa. 

Organizações mais tradicionais, empresas e escolas e faculdades costumam usar, mas também pode ser uma alternativa para você - especialmente se você já assinar o pacote office. 

O Microsoft Teams está incluído em todos os planos do Microsoft 365, com preços a partir de R$ 23,60/mês. Como ele é focado em texto, mesmo na versão gratuita, existem muitas boas opções de busca de chat e aplicativos integrados -  o que é um diferencial competitivo do Teams frente à Meet e Zoom. 


Qual a melhor ferramenta?

Bem, já ficou claro que você precisará pagar para ter mais de 60 minutos - a não ser que planeje aulas com menos tempo que isso, o que pode ser uma boa alternativa também. 

De resto, recursos que costumam ser bastante úteis para cursos livres, como gravação das aulas, só está disponível no Zoom enquanto versão gratuita. 

Fato é que as três plataformas devem atender suas necessidades, com uma ou outra diferença de usabilidade, por exemplo. 

Para sermos práticos: se você já tem o G Suite, você já paga pelo Google Meet, então, sem dúvidas, vale a pena usá-lo para suas aulas. E se você já tem o Microsoft 365 assinado, vá de Teams, sem medo. 

Agora, se você não usa nenhum app ainda, comece pelo Zoom ou Meet gratuito.

A boa notícia é que todas as ferramentas tem um trial free, então você pode testar todas as funções antes de escolher pagar por alguma delas. 

Engaged

Independente da plataforma que você escolher, conte com a Engaged para gerenciar tudo o que for relacionado ao seu curso: inscrições, pagamentos, certificados automatizados e organizações do curso em geral. Clique aqui e conheça mais sobre nós! 


Marcello Fedalto
CEO

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das atualizações da EngagED:

Obrigado! Confirmamos a sua assinatura na nossa newsletter.
Oops! Houve um erro. Por gentileza, tente novamente.

Leia também: