Como começar a dar palestras

Você percebeu a oportunidade de compartilhar o que sabe com as outras pessoas? E o melhor, viu que pode começar a ganhar dinheiro dando palestras? Certamente essa pode ser uma grande oportunidade para você alavancar a sua carreira. Mas antes, separamos alguns pontos aos quais você deve se manter atento antes de começar a dar palestras.


1- Você tem conhecimento do conteúdo que vai palestrar?

A principal pergunta que você deve se fazer antes de começar a dar palestras é: qual o seu repertório sobre o tema? Você já trabalha ou vivencia isso há quanto tempo? Você percebe que as outras pessoas estão interessadas em saber o que você tem pra falar?

É importante fazer estes questionamentos no início, para que você tenha tempo para se preparar, ler, fazer cursos e conversar com outras pessoas sobre o que você está imaginando palestrar.

Um palestrante de sucesso, é uma pessoa que tem domínio sobre o assunto e que está preparada para responder às dúvidas dos participantes. Quanto mais interessante e inovador for o conteúdo da sua palestra, mais procura você terá.


2 - Conheça o seu público

Esse desafio é complexo, porém fundamental. É complexo porque você precisa estar atento às mudanças e ao amadurecimento do seu público.

Você também pode ter mais de um público a considerar. Por exemplo, se você dá palestras para o público adolescente, você deve saber falar com essa geração, mas também com as pessoas que irão te contratar (que pode ser uma universidade, um clube ou um organizador de eventos). Nem sempre o público que consome seu conteúdo, é quem vai pagar a sua palestra. E por isso, é importante mapear todos os públicos com os quais você terá contato e, a partir disso, pensar em como se comunicar com eles.


Fazer download de templates de certificados

3 -  Comece pequeno

A ideia é testar. Vale começar fazendo uma apresentação pros seus colegas de trabalho. Ou então para família e para os amigos, ou um webinar online. Seja como for, no modelo que for, teste. Assim você já consegue medir coisas simples, como o controle do tempo, a atenção dos participantes, o seu nervosismo, etc.

A partir de um teste pequeno, você consegue ir aprimorando e oferecendo palestras cada vez melhores. Testes como esses trazem grandes insights sobre como começar a dar palestras.


4 - Apresente o conteúdo de maneira dinâmica

Salvo casos específicos, em geral, palestrantes contam com o auxílio de recursos visuais para exporem o conteúdo da palestra. O tipo de material que você pode utilizar, varia de acordo com o conteúdo. Se você está em um universo mais corporativo, por exemplo, utilizar gráficos e dados pode ser um bom auxílio para expor as suas ideias. Se você está em um ambiente mais voltado ao entretenimento, vídeos e imagens, em geral podem ajudar também.

Outro recurso que você pode utilizar, especialmente quando trata de temas complexos, é dar exemplos. Traçar paralelos com a vida real ajuda as pessoas compreenderem melhor o que você está falando. Mas é claro, o exemplo que você vai usar depende muito do seu público e da realidade dele.


5 - Estude sobre oratória

Há pessoas que por natureza tem facilidade em se expressar e se comunicar. Mas muito disso são técnicas que te ajudam a falar melhor em público. Vale a pena estudar um pouco sobre o tema, ou fazer algum curso para que você se sinta mais seguro e torne isso um hábito, aos poucos. 

Assim como muitas outras habilidades, essa é uma que também precisa de treino, e quanto mais você praticar e se aperfeiçoar no assunto, melhor palestrante você será. Se você não sabe como começar a dar palestras, fazer alguns exercícios de oratória podem ajudar você a se familiarizar mais com essa realidade.

6 - Mantenha suas redes atualizadas

Fica mais fácil chamar seu público para participar de uma palestra se você mantém um canal de relacionamento com ele. Pode ser um blog, uma conta no Instagram, podcasts, vídeos no YouTube, ou o que você se sentir mais confortável. O importante é que você gere conteúdos e alimente suas redes para que seu público saiba quem você é e lembre-se de você.

As suas redes além de ser um excelente canal de relacionamento com o seu público, são um meio de aquisição também. Divulgando suas palestras nas suas redes sociais por exemplo, você alcança um público bastante qualificado e propenso a participar da sua palestra.


7 - Esteja aberto a feedbacks 

E agora que você já está prestes a se tornar um palestrante de verdade, uma das coisas que vai te ajudar a melhorar é estar aberto a feedbacks. É claro que é importante filtrar, você não precisa seguir absolutamente tudo o que as pessoas falam. Mas sempre aparecem sugestões interessantes e pontos de melhoria que você não tinha percebido.

Vale no fim da sua palestra deixar o seu contato para que as pessoas tenham abertura para falar com você. E a partir disso ficar atento aos comentários, às avaliações e tirar aprendizados a partir disso.


Estas dicas vão ajudar você a se preparar antes de começar a dar palestras. Validar a sua ideia é importante, por isso é importante se preparar, testar e avaliar qual o seu potencial na área. Esse é apenas o primeiro passo para uma carreira de muito sucesso, com certeza!

Checklist para curso presencial


Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das atualizações da EngagED:

Obrigado! Confirmamos a sua assinatura na nossa newsletter.
Oops! Houve um erro. Por gentileza, tente novamente.

Leia também: